Esportes em Morro
home

 


TURISMO
guia rápido
planeje sua viagem
  - como chegar...
  - onde hospedar-se...
  - o que fazer...
dicas de viagem
travel FAQs
mapas

 


APRENDA SOBRE O MORRO
praias de morro de são paulo
povoado
história

esportes
vida noturna
atividades diurnas

 
Links mais visitados
de morro.travel
linha vertical

linha htal
 Morro.Travel > Aprenda sobre Morro > Esportes em Morro de São Paulo >
Introdução a Mergulho
linha htal

linha vertical

 

:: Introdução a Mergulho ::

Mergulho

Morro de São Paulo possui duas empresas especializadas em mergulho recreacional. Uma fica situada na Primeira Praia e a outra na Terceira.

A empresa da Primeira Praia está na ilha há nove anos e possui ótima estrutura de equipamentos, embarcações e profissionais credenciados internacionalmente para atender aos turistas mergulhadores e iniciantes.

A da Terceira Praia não possui uma grande estrutura, mas também oferece saídas para mergulho livre com aluguel de todo o equipamento necessário. 


O turismo subaquático, além de ser um esporte, é um meio de lazer para reunir quase toda a família, já que a idade para o início é a partir de 10 anos. Para a mergulhadora profissional e proprietária de uma destas empresas, Sandra Faria, a motivação e o objetivo, além da diversão, é o da preservação do mundo marinho. “Fica mais fácil admirar e respeitar o que se conhece”, afirma. Por isso, durante os mergulhos, nada pode ser tocado ou retirado do mar pelos turistas.

Para esse esporte continuar no alto patamar de segurança e diversão, algumas regras tem que ser respeitadas. Entre as mais importantes está a de nunca mergulhar sozinho. Antes de começar a diversão, tanto no mergulho livre como no autônomo, é importante sempre se informar sobre as condições do tempo, correntes, melhores horários de marés, pontos de entrada e saída e as peculiaridades da fauna e flora.

Conhecendo sobre o esporte

Para aqueles que decidiram fazer do mergulho seu esporte em Morro de São Paulo, além de saber das informações sobre os points há ainda algumas dicas sobre equipamentos e outros ítens que consideramos importantes. Existem dois tipos de mergulho: o livre e o autônomo. O mergulho livre consiste em nadar na superfície vendo o fundo do mar até 10 metros de profundidade, usando apenas máscara, nadadeira e snorkel. O mergulho autônomo requer curso e equipamentos específicos.

Tópicos relacionados: Mergulhe em Morro de São Paulo

Iniciantes

Existe uma modalidade para quem nunca mergulhou e quer experimentar um mergulho com cilindro. O nome é BATISMO e é o primeiro passo para entrar no mundo do mergulho. Ele é dividido em três partes: A primeira é uma aula teórica com duração aproximada de 20 minutos, onde o instrutor ensina algumas regras e procedimentos.

A segunda é se equipar e adaptar com os equipamentos, que são: o cilindro, colete, regulador, roupa, máscara, nadadeiras e cinto de lastro. A última parte é o mergulho propriamente dito, com duração de 45 minutos.

São no máximo duas pessoas para cada instrutor, que fica junto durante todo o percurso. Os batismos devem ser marcados com um dia de antecedência junto a operadora de mergulho que realiza este tipo de modalidade em Morro de São Paulo e qualquer pessoa maior de 10 anos de idade pode mergulhar.

Mergulhar...

Equipamentos

São usados no mergulho livre:

  • Snorkel – é usado para respirar na superfície. Deve estar sempre fixado na tira da máscara, pelo lado esquerdo.
  • Faca – usada para cortar plantas, cabos ou linhas enroscadas nos equipamentos. Deve ser especial para mergulho
  • Cinto – compensa a flutuabilidade do equipamento, da roupa e do mergulhador. O peso deve ser suficiente para manter o mergulhador na superfície.

Equipamentos de Mergulho

São usados no mergulho autônomo:

  • Roupa de neoprene - Mantém a temperatura do corpo do mergulhador e protege contra escoriações.
  • Nadadeira - serve para o mergulhador se locomover sem usar os braços. É importante verificar bem a numeração,  pois não é a mesma dos calçados comuns.
  • Cilindro – é uma garrafa de aço ou alumínio que armazena ar atmosférico filtrado.
    Regulador de ar – reduz a alta pressão do ar do cilindro, tornando-a respirável.
  • Máscara – possibilita a visualização submersa.
  • Colete compensador – serve para controlar o equilibrio do mergulhador na água. Fica ligado ao cilindro de ar através uma mangueira.
  • Bússola – para orientação debaixo d’água. Pode ser de pulso ou vir presa ao manômetro do cilindro.
  • Manômetro – marca a pressão do ar na garrafa.
  • Relógio – para controlar o tempo do mergulho.
  • Profundímetro – indica a profundidade em que o mergulhador se encontra.

As Empresas de Mergulho
em Morro de São Paulo

Mergulho: Empresas em Morro

A Companhia do Mergulho existe há nove anos e como toda operadora profissional, segue normas internacionais de mergulho. Filiados a PADI (Professional Association of Diving Intructors), os profissionais oferecem instruções e cursos em português, inglês e espanhol. A loja e operadora, situadas na Primeira Praia, na Rua da Prainha funcionam o ano todo e oferecem toda linha de equipamento de mergulho para venda e aluguel. A central de recarga com dois compressores também fica na Primeira Praia. A empresa possui também uma embarcação própria totalmente projetada para mergulho. Na escola de mergulho, os instrutores oferecem cursos do Básico ao Dive Máster. O primeiro curso é o mais procurado.

Conhecido como Open Water Diver, a idade mínima é 12 anos e para participar é preciso saber nadar e ter bom estado de saúde. O curso dura cinco dias e é dividido em três partes: teoria, treinamento em águas confinadas e quatro mergulhos em águas abertas. No final do curso o mergulhador recebe uma certificação internacional que lhe permite participar de saídas de mergulho em qualquer lugar do mundo até 18 metros de profundidade. O valor é sob consulta e inclui todo o material didático da PADI, aluguel de equipamentos e saídas de barco. A certificação emitida pela PADI é cobrada a parte.

 Se o mergulhador desejar aperfeiçoar ainda mais suas habilidades a escola também oferece os cursos Avançado, Resgate e Dive Mater. Os dois primeiros com duração de quatro dias e o último, que já faz parte da área profissional da PADI, dura em média 12 dias.

As turmas começam todas as semanas e para se inscrever basta entrar em contato com um dos instrutores pelo e-mail cursos@ciaodmergulho.com.br ou pelo telefone (75) 3652-1200.

A outra empresa que opera com mergulho fica situada na Terceira Praia, A Zimbo Dive. Com uma estrutura bem menor do que a localizada na Primeira Praia, esta empresa trabalha apenas com saídas de mergulho livre, alugando os equipamentos necessários. Além disso,  aluga também caiaques e contam com profissionais. Mais informações podem serem obtidas pelos telefones (75) 8136-6728, com Daniel ou Marilu.

Pontos de Mergulho em Morro de São Paulo

Em Morro de São Paulo, conforme Sandra Faria, da Companhia do Mergulho, a melhor época para mergulho é no verão, entre os meses de novembro a abril. No restante do ano a água nem sempre tem boa visibilidade. Para quem quer ir mais fundo. O caminho é pegar a embarcação de mergulho e contar com a experiência dos Dive Masters e Instrutores de mergulho da Ilha. Os principais pontos são recifes de corais com profundidades que variam de 5 a 40 metros. Existem pontos para todos os níveis de mergulhadores.  Os seis principais pontos são:

- Paredões da Gamboa: Próximo ao Iate Clube, com profundidades  entre de 3 a 12 metros esse ponto é freqüentado por todo tipo de mergulhador. O melhor momento é quando a maré está alta e atinge seu ponto máximo. Nessa hora não existem correntes. Diferentemente dos demais pontos, você verá mais facilmente lagostas e polvos. 

- Paredão Real: em frente à Praia da Gamboa, esse paredão vai de 12 a 45 metros de profundidade e os mergulhadores avançados têm que programar o início do mergulho para a maré cheia.

- Recife do Forte: com profundidade de 12 metros é o ponto para mergulho em corrente. Os cardumes de sardinha são as principais atrações.

- Recifes de Itatimirim: Com apenas 20 minutos de navegação, a partir da Primeira Praia, as saídas para esse ponto são diárias no verão.  O fundo é bem recortado, com pequenas cavernas, algumas com áreas de penetração. Um mergulho fácil e muito bonito. A profundidade varia entre 8 a 23 metros.

- Pedra do Benedito: pequeno conjunto de recifes e pedrões. Profundiade de 25 metros e a 45 minutos de navegação, partindo da Primeira Praia.

- Recifes de Itatiba: É também um bom ponto para drifts. Com média de 16 metros de profundidade, a atração desse ponto é o relevo do fundo, cheio de perfurações e coberto por cabeços de corais de diversas formas.

Mergulhar em Morro...

Algumas Dicas

Nunca mergulhe sozinho

Preste atenção à direção da correntenza

Não toque nos corais. Os recifes são frágeis e demoram muito para crescer e também existem espécies venenosas.

Entre no mar de costas e se o corpo estiver muito quente, refresque-se um pouco antes de entrar.

Fonte: Guia Quadro Rodas /Praias -Edição 200/2001.
Bodião - fotografias de Cia de Mergulho

Mergulho

Galeria de Fotos

Futevolei - ulisses
© 2008 Morro.travel | All Rights Reserved
Morro de São Paulo Turismo Ltda
.

Última atualização:26/07/2017
morro.travel 2008