Subscribe RSS
Reciclar é preciso mai 22

O problema do lixo aflige todo o mundo e aqui em Morro de São Paulo não é diferente. Você já imaginou a quantidade de lixo produzida em nossa ilha ? Calcula-se que em média uma pessoa produza um quilo de lixo por dia, sendo assim uma família composta por quatro pessoas, produz cerca de 4 quilos de lixo diariamente. Então, dá para imaginar a quantidade de lixo que vai para o lixão da ilha. O lixo depositado no lixão ocasiona problemas irreversíveis à natureza. O lixo orgânico, por exemplo, ao se decompor pode contaminar o solo e a água; o lixo largado ao céu aberto nos lixões também atrai a proliferação de ratos que todos nós sabemos são animais transmissores de doenças como a leptospirose e além de tudo isto diversos materiais como sacolas plásticas e latas levam mais de 1000 anos para se decompor. Dá para sentir que lixo é um problema sério e que merece a atenção de toda a população e do poder público. Há comunidades que vêm se esforçando para mudar este cenário e através da reciclagem (separação do lixo orgânico do seco) estão conseguindo melhorias. E nós, moradores de Morro de São Paulo, também podemos seguir estes exemplos e dar a nossa ilha um salto de qualidade ao meio ambiente, reciclando o nosso lixo. Já existe um projeto financiado pela Petrobrás e desenvolvido por uma ONG (Pangea) que prevê a implantação da coleta seletiva do lixo na ilha e instalação de uma usina de reciclagem. O poder público tem e deve fazer sua parte, mas sem a sensibilização da comunidade todos os esforços serão inúteis. É preciso que os moradores se conscientizem de que é preciso mudar certas atitudes em prol do meio ambiente e de nosso próprio bem estar. A reciclagem é um ótimo começo e deve se tornar um hábito. Basta termos a boa vontade de separar o que é lixo orgânico (restos de comida, cascas de frutas) e lixo seco (embalagens plásticas, garrafas de refrigerantes, latas). Outra dica é recusar as sacolas plásticas dos supermercados e começar a levar as compras em sacolas feitas de pano, as chamadas sacolas recicláveis. Fazendo estas mudanças, o meio ambiente agradecerá e lugares considerados paraísos, como Morro de São Paulo, serão sempre admirados pela rica e bela natureza. E você turista, que vem para cá, lembre-se que deve levar apenas na memória as lembranças deste paraíso e deixar somente suas pegadas na areia das praias. O lixo deve ser jogado nas cestas espalhadas pelas ruas e praias. Contribua com a limpeza da ilha.

Tópicos Relacionados: Povoado de Morro de São Paulo, Dicas de Viagem

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

4 Responses

  1. Leve sua sacola para a Feira Organica do Morro e ganhe desconto…..
    Todas ás quintas-feira na Praça principal a feira é um sucesso o Grupo do Portal Verde
    Pedro,lena e Michael Wagner vá conferir e participe do selo Portal Portal Verde
    Telefones 9969 4337 e 9953 1350

  2. Olá Lena,

    Obrigada pelo comentário e valeu a dica da sacola, vamos divulgar.
    Se todos colaborassem e dessem sugestões de como reciclar ou preservar, nossa natureza agradeceria.

    Um abraço
    Luciana Carús
    Site http://www.morro.travel

  3. Estou totalmente de acordo e já contribuo com a preservação do meio ambiente desde o ano de 2000 reutilizando as garragas e frascos de vidro, garrafas PET, caixas de papelão e transformando-as em peças de decoração que são utilizadas como porta velas, cinzeiros, abajur, porta incensos, etc. Sendo decoradas com areia colorida e desenhadas com diferentes temas. Comprando as peças você pode também estará contribuindo com a preservação do meio.

    Visitando meu blog, você poderá ter melhores informações.

    Blog: kit-apagao.blogspot.com

    Fico todas as noites na rua da prainha, Caminho para a segunda praia.

    Darcy Rolim
    75 8829 7734
    71 8839 0378

  4. Oi Darcy!!! Valeu pela dica, claro que seu trabalho é muito importante dentro deste cenário e se algumas pessoas aqui pensassem como vc, nosso convívio nessa ilha seria muito melhor. Posteriormente podemos divulgar seu trabalho.

Leave a Reply