Subscribe RSS
Reconciliação out 12

Bom aqui estou no meu primeiro Post deste Blog de Morro de São Paulo. Mesmo eu tendo preparado a parte técnica do Blog para funcionar em Morro.Travel, ainda não entendo muito bem esta nova onda dos blogs. Na verdade, não são só os blogs os que ainda não tem cativado minha atenção, se somam a esta lista todas as novas formas de “comunidades” virtuais expressadas nos fóruns, chats, Facebook, Orkut e demais.  Acredito que a causa desta falta de interes em gastar meu tempo “livre” no computador, ou seja, utilizar este como uma forma de lazer, tem se visto extremadamente reduzido (quase a 0) desde que o computador passo a ser minha ferramenta de trabalho em 1999. Após ficar 9 o 10 horas por dia nele trabalhando, não se me apetece gastar nele nem um minuto amais do necessário. Esta tendência se radicalizo em 2003 quando decidi desinstalar do meu PC o legendário Quake, que se fazia irresistível para mim e me fazia perder muito tempo de trabalho no computador, principalmente quando jogávamos em rede no primeiro escritório de Fotos do Morro na antiga pousada Macondo. Fui tão radical em isto que ate os e-mails dos amigos de Argentina passaram a um segundo plano. Claro que quando você trabalha no PC o dia todo, principalmente se esse trabalho é em sua própria empresa, nunca parece existir o segundo plano, sempre tem alguma coisa mais importante para fazer. E adivinha a que leva isso?. E obvio que os e-mails dos amigos pararam de chegar, já que, e-mails sem resposta não levam a outra coisa que um corte na comunicação. Não estou dizendo com isto que não tenho amigos por que tenho vários e muito queridos, estou dizendo com isto que a Internet como meio de me relacionar não tem me atingido como a grande maioria de internautas os que inclusive não são usam as ferramentas deste meio para se comunicar com os amigos mais também, e principalmente, para fazer novos amigos.

Para mim, uma ligação por telefone vale mais que 10 e-mails.

Por sorte para minha economia uns 3 anos atrás o Skype chegou para “substituir” o telefone, pelo menos quando se trata de ligações internacionais muito comuns para os Argentinos que somos residentes no Brasil. Assim que hoje estou tentando me reconciliar com a Internet como meio de se comunicar a traves de “comunidades”.

Vi por ali que é “preciso” ter um nickname (apelido), mais até agora não apareceu nenhum com o qual eu me sinta identificado. Na verdade só tive um apelido que foi me dado de criança por um amigo… mais e meio ridículo! Ate Manuela, minha quase sobrinha de 3 anos, tirou onda de mim quando escutou ele por primeira vez. Assim que por enquanto só serei  “yo” .

Acredito que isto seja um bom começo na minha reconciliação com a Internet como forma de expressar ideais, se comunicar, buscar amigos… é isso a idéia de um Blog?

 

 Desculpem meu português… Amenos que queiram ler meus posts (se é que alguém ira ler-los) em meu nativo espanhol.

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

One Response

  1. Pois é, meu amigo internauta, concordo com você quando se refere que bom mesmo é ouvir a voz da pessoa amiga. Mas felizmente em meio a esta invasão tecnológica que vivenciamos, há a chance de matarmos a saudade de pessoas queridas, afastadas por distâncias….. Eu acho que só para isto que servem os orkuts, His, MSN e outros modelos de conversação virtual.. É a única maneira de vermos aquela foto de aniversário do irmão ou da amiga ou quem sabe conhecer aquele sobrinho emprestado que nasceu há 2 anos e você ainda não conhece !!!

Leave a Reply